You are here

Posso armazenar o sangue de cordão umbilical de gémeos?

Pode criopreservar sangue de cordão de gémeos num banco de família, mas não num banco público. Os bancos públicos têm a política de não aceitar doações de sangue de cordão de gémeos. Um dos argumentos utilizados pelos bancos está relacionado com o facto de ser difícil distinguir os bebés à nascença. No entanto os obstetras estão treinados para seguir a identidade de cada bebé em caso de nascimentos múltiplos. A razão primária que leva os bancos a não armazenarem amostras de gémeos está relacionada com o conteúdo celular: em geral os gémeos costumam ser menores que bebés singulares o que faz com que tenham menor de volume de sangue de cordão umbilical e por isso mais dificilmente atinjam os níveis necessários para os bancos públicos. As probabilidades das unidades de sangue de cordão de ambos os gémeos terem a quantidade mínima de células exigidas para um transplante é baixa pelo que os bancos públicos preferem não aceitar doações de mães à espera de gémeos.

Bancos de família não têm problema em aceitar sangue de cordão de gémeos. Alguns pais poderão ter problemas ao pagar um armazenamento duplo de sangue de cordão, mas a grande maioria dos bancos de sangue de cordão privados tem descontos especiais para gémeos.

Alguns pais perguntam se devem armazenar o sangue de cordão de ambos os filhos ou só de apenas 1. Por uma questão de segurança devem optar por armazenar o sangue de cordão dos 2 filhos. No caso de serem gémeos falsos para todos os efeitos são individuos com DNA diferente. No caso de gémeos verdadeiros têm o mesmo DNA. No entanto um dos gémeos (mesmo no caso dos verdadeiros) pode desenvolver uma mutação genética ao longo da sua vida sem que isso implique que o outro gémeo a desenvolva. Nesse caso o gémeo saudável é o dador perfeito para o seu irmão. Inclusivamente já há registos de transplantes em que isto aconteceu.