You are here

O sangue de cordão umbilical tem de ser obrigatoriamente processado antes de armazenado?

Os primeiros transplantes com sangue de cordão foram realizados com administração de unidades não processadas. Isto significa que o processamento não é obrigatório para salvar vidas. Até hoje não existe nenhum ensaio clínico que compare a eficácia de tratamento da administração de sangue de cordão criopreservado não processado versus processado.

Hoje em dia a maioria dos bancos de sangue de cordão públicos e privados opta pelo processamento, removendo o plasma e os glóbulos vermelhos e criopreservando a fracção de células nucleadas onde estão incluídas as células estaminais.

Muitos médicos consideram importante remover os glóbulos vermelhos antes de criopreservar o sangue de cordão como pode ver no nosso guia de remoção dos glóbulos vermelhos. A principal razão para remover os glóbulos vermelhos prende-se com o facto destes não resistirem ao congelamento. Durante este processo, ferro e hemoglobina são libertados para a amostra o que pode ser tóxico. A alternativa à remoção dos glóbulos vermelhos antes da criopreservação é proceder a vários ciclos de lavagem para remover células mortas imediatamente após o descongelamento.