You are here

Como é que as células estaminais do tecido de cordão umbilical são diferentes das outras fontes de células estaminais?

O tecido do cordão umbilical bem como tecido da placenta são fontes ricas em células estaminais mesenquimais (CEM) do inglês, Mesenchymal Stem/Stromal Cells. Neste momento as CEM são as células estaminais mais utilizadas em ensaios clínicos e que estão em maior número nas publicações. As CEM apresentam uma capacidade muito promissora para doenças muito variadas como é o caso das doenças autoimunes, para tratar lesões desportivas (problemas relacionados maioritariamente com osso e cartilagem) mas também doenças cardiovasculares. AS CEM de fontes perinatais, como o tecido de cordão ou a placenta crescem mais rapidamente que as células estaminais isoladas de dadores adultos como a medula óssea ou o tecido adiposo.

Referência:
Perinatal Stem Cells 2nd edition 2013; book published by Wiley